A dominação masculina

A dominação masculina

Preço normal
R$ 54,90
Preço promocional
R$ 54,90
Preço normal
Esgotado
Preço unitário
por 
Frete calculado no checkout.

Edição com capa nova da principal incursão no debate feminista, de um dos maiores sociólogos do século XX.

Em A dominação masculina, Pierre Bourdieu analisa o comportamento dominante masculino que sobrevive na sociedade atual, denuncia um modo de pensar pautado pelas dicotomias e oposições, e faz o leitor refletir sobre o tema com olhar crítico indispensável.

Sempre questionador e polêmico, o autor inverte a relação causa-efeito, afirmando que essa dominação não é biológica, mas uma construção arbitrária do biológico que fundamenta as divisões sexuais aparentemente espontâneas; a biologia e o corpo seriam espaços onde as desigualdades entre os sexos seriam naturalizadas. Por fim, recorre à história das mulheres para mostrar que há mecanismos que podem contribuir para a exclusão feminina, provando que Família, Escola, Igreja e Estado ratificam a ordem social preponderante.

A dominação masculina reforça a noção de uma dominação incrustada nos esquemas de pensamento, nos corpos e no que mais for alvo dos símbolos e da linguagem; ou seja, tudo. Certamente este é um controverso tema atual que busca ver como a estrutura de dominação se estabelece, se naturaliza e se eterniza, nos levando ao questionamento: será possível neutralizar todos os mecanismos que fazem da dominação masculina algo “natural” em nossa sociedade? Para concordar, ou mesmo para discordar, o autor exige do leitor uma postura crítica - por si só extremamente necessária e saudável nos dias que correm.

Uma crítica aos sexos extremamente relevante e atual, jogando luz sobre a dominação de um sistema opressor e de abuso de poder por vias simbólicas. Uma obra incrível que mostra como a cultura machista e patriarcal, enraizada na sociedade, sempre afetou as mulheres. Um olhar desperto para a verdade cruel que o patriarcado nos impõe. Este livro de Pierre Bourdieu é uma leitura essencial para qualquer pessoa preocupada com questões de gênero e sexualidade e com as estruturas que moldam nossa vida social, política e pessoal.